Copa 2010: Qual será a próxima reclamação?

Os moderadores alemães estão enlouquecidos com as vuvuzelas. Desligaram os microfones ambientais dos estádios para ficar somente com o microfone direcional do locutor. Mesmo assim, as vuvuzelas estão sempre presentes. O título do Sueddeutsche Zeitung da segunda-feira foi “Vespas no Ouvido”, em alusão ao instrumento da torcida sul-africana.

A matéria de Fabian Heckenberger destaca as palavras do presidente da Fifa, Sepp Blatter, recusando-se a proibir o “vespeiro” para não haver discriminação. Afinal, né, Blatter, já enquadraram tanto as cidades sul-africanas para a realização dos jogos, que mais essa mudança pegaria mal. O que querem, que a Cidade do Cabo se transforme em Paris?

Heckenberger diz que assistir os jogos chega a ser “irritante”. No jogo África do Sul e México, os locutores da ARD chegaram a tirar os Headsets (fones com microfones acoplados) e pediram para a sede na Alemanha microfones direcionais simples, de mão, à moda antiga. “Nós já usamos todos os filtros disponíveis. Mais é impossível”, diz Bertram Bittel, diretor da cobertura da ARD.

Polêmica desnecessária

O mundo tem que aceitar que a copa não acontece na Europa nem nos Estados Unidos. A bola está rolando bem longe da barulhenta e sincronizada torcida oriental. O jogos acontecem na África e os anfitriões têm o direito de torcer como quiserem. Independente da opinião da mídia global, cuja função é registrar inclusive as vuvuzelas, mas quer mais uma vez extrapolar.

Os locutores querem ser diretores do espetáculo e influenciar o comportamento do torcedor. Aí é demais. Vão narrar em tubo! Soluções podem ser encontradas, mas não queiram ser mais importantes do que a notícia, se é que vocês realmente fazem jornalismo (Vide o texto “Talvez um cartelzinho amigo, um protecionismozinho… Afinal eu te dou a vida!).

A África do Sul já fez um esforço tremendo para conseguir atender as exigências da Fifa. Pagou caro por isso. Foi pressão pesada, que colocou em jogo a capacidade do país de promover o mega-evento. Ameaças, prazos, barganhas políticas, eleição de Zuma, conflitos urbanos em função de gigantescas reformas no espaço público, enfim, muita coisa aconteceu e o povo sul-africano foi colocado em cheque de várias formas.

Cada um faz o seu e estamos conversados

Seria justo o público da região não poder mostrar ao mundo a sua forma de torcer? Aí, algum Zé Mané vai querer acrescentar: “mas as vuvuzelas são globais, não é um fenômeno cultural, logo não seria racismo proibi-las”. Historicamente falando, onde convidados são capazes de ofender e proibir anfitriões? Nos Estados Unidos ou na Inglaterra, por acaso?

Alguém já viu tanta vuvuzela assim? Claro que não. Só lá mesmo, na África do Sul. Portanto, colegas e jogadores de futebol, deixem os torcedores sul-africanos aproveitarem a oportunidade de serem anfitriões.

Primeiro foram os estádios – claro, alguns sequer existiam; depois, o comportamento da bola – criticada por muitos que na infância até com bola de meia jogaram, e agora é o comportamento da torcida. Daqui a pouco será o frio do Hemisfério Sul na época da Copa. E assim, acumulam-se queixas pouco condizentes com a pretensão plural, justa e democrática do evento.

O Brasil do estrangeiro

A propósito, a nossa seleção começou miúda a Copa do Mundo e eu é que estou ouvindo de hora em hora as reclamações ou gozações de togoleses, ganeses, ugandeses, etíopes, norte-americanos, alemães, russos, turcos… todos me veem e dão o recado sobre a atuação média do Brasil.

Alguém pode sugerir qual desculpa devo dar se ganharmos sem espetáculo, empatarmos ou perdemos a próxima partida? Temos sim a simpátia do mundo, mas também a sua exigência. O estrangeiro que vê um jogo do Brasil, via de regra, por incrível que pareça, torce para a nossa seleção, mas espera o chamado “jogo bonito” e, nesse quesito, com Kaka a 70%, Robinho esta sozinho.

Abaixo uma matéria da ESPN Brasil sobre as vuvuzelas

Anúncios

Uma resposta para “Copa 2010: Qual será a próxima reclamação?

  1. Marcelo Pessôa

    Hum…
    Quero comentar apenas o Brasil do estrangeiro! As reclamações e polêmicas, tu já disse tudo: cada um faz o seu e estamos conversados.
    Essa copa é uma piada!
    Seleções com péssimo nível! Qualidade limitadíssima. O Futebol pede socorro!
    Só pra tu teres uma ideia, aqui no “país do futebol” tem “comentaristas” dizendo que o Uruguai, isso mesmo, o Uruguai é um grande favorito! Eles acreditam no Dom Diego Armando “Marquetona”. Acreditaram na Alemanha só pq ganhou de 4X0 da AUSTRÁLIA!!! Tenha dó! é sofrível.
    Melhor seleção da Copa do Mundo: CANARINHO! Mais qualidade e a única que enfrentou uma retranca absurda no jogo de estreia. Enfrentou e se saiu muito bem. Se não ganhar, são coisas do futebol. Mas é a melhor e ponto final!
    Se esses camaradas perguntarem sobre o show que temos obrigação de dar, pergunta quem deu show até agora? Outra coisa, só responde pergunta de quem tá jogando, certo? Com todo o respeito, é claro,rsrs!
    Vamos até a final ganhando de 1/2 X 0. Seleção Dunga/Zangado!
    Rumo ao Hepta ( se deixarem as duas são nossas!).

Deixe seu comentário no blog para que outros leitores conheçam a sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s